XXIX Encontro – Escola do TCE/AM: A educação ambiental como base para a cidadania

O conselheiro do Tribunal de Contas do Amazonas, Júlio Pinheiro, que pode ser considerado um arauto da preservação ambiental, participou do XXIX Encontro da ABEL com a palestra “Educação Ambiental à luz da Constituição Federal e da Lei 9795/99: um desafio às Escolas do Legislativo e de Contas” reafirmando o papel das Escolas como protagonistas da educação para a cidadania.

Pinheiro destacou o artigo 225 da Constituição Federal que garante a todo cidadão brasileiro o direito a um meio ambiente ecologicamente equilibrado como bem comum do povo essencial à sadia qualidade de vida impondo-se ao poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações. Esta uma das premissas nas quais o conselheiro pauta suas atividades educativas junto às comunidades do Amazonas, Estado que é um símbolo da grandeza natural do Brasil. No encontro da ABEL ele fez um apelo às Escolas para que sejam polos de ensino ambiental, promovendo, interna e externamente, atividades nesse sentido.