XXIX Encontro – ILB/Senado Federal: a educação corporativa como prioridade

A evolução do Instituto Legislativo – ILB (Escola do Senado Federal), desde 1997 quando foi criado até sua fusão com o Programa Interlegis em 2013, foi apresentada por seu coordenador-geral, Paulo Viegas, que também mostrou a sistemática aplicada à educação corporativa disponibilizada a distância e presencialmente.

Entre os cursos presenciais estão Indexação de Documentos Jurídicos; Processo Administrativo Disciplinar e Sindicância; Processo Legislativo e Regimento Interno; Sistema de Gestão de Gabinete; Redação Oficial; Formação Gerencial; Gestão do Conhecimento; Liderança; Gestão Documental e Arquivística. Na pós-graduação, o ILB oferece em Lato Sensu Direito Legislativo; Orçamento Público; Avaliação de Políticas Públicas; Análise de Constitucionalidade e, como MBA, Gestão Integrada de Projetos.

O Programa Interlegis segue na sua missão de integração, capacitação e modernização das Assembleias Legislativas, Câmaras Municipais e Prefeituras.

Simone Dourado, Coordenadora de Capacitação, Treinamento e Ensino do ILB, apresentou o projeto Caminho no Saberes como uma trilha de conhecimentos para o desenvolvimento de competências básicas, gerenciais e específicas: saber o que fazer, saber como fazer e pensar o fazer voltado a servidores do Senado, da Câmara, dos gabinetes parlamentares nos estados e servidores públicos. Simone também destacou o projeto Jovem senador 2017, que envolve estudantes de escolas públicas estaduais ou do Distrito Federal de ensino médio com, no máximo, 19 anos completos. O Jovem senador visa contribuir para o processo de formação da cidadania, incentivar o respeito às diferenças, provocar uma reflexão sobre os valores morais e éticos que orientam o que é uma prática de intolerância, e estimular o debate sobre a legislação vigente e as políticas públicas que visam garantir os direitos dos grupos minoritários ou não dominantes.