Escola AL/SP debate a Comunicação no Serviço Público

Portal AbelEm destaque: novas estratégias e boas práticas

Como parte do seminário "Gestão de pessoas no setor público - Desafios e Experiências", organizado pelo Departamento de Recursos Humanos da Assembléia, em parceria com o Instituto do Legislativo Paulista – ILP, aconteceu no dia 15/10 a palestra de Fábio França sobre a Importância Estratégica da Comunicação na gestão de pessoas no setor público. O professor, que é mestre em comunicação empresarial e relações públicas, ressaltou que a comunicação empresarial deve acompanhar a evolução da sociedade e estar integrada ao mundo global: "A comunicação dirigida ao público, incluindo neste meio o interno e o externo, representa arma poderosa que ajuda a empresa a ampliar e fortalecer sua imagem." Ainda segundo ele, as empresas, públicas ou privadas, têm ciência da importância da comunicação ágil, transparente e da necessidade de se estabelecer um público alvo: "Para garantir o sucesso de uma empresa, é preciso estabelecer estratégias de curto, médio e longo prazos bem definidas e acompanhadas de ações factíveis". Segundo ele, a imagem que a população tem do poder público é negativa devido à deficiência de informações dos seus servidores. "A informação deve ser única, rápida, dirigida a todos os funcionários e ao mesmo tempo". Aos os servidores França disse que cabe a eles fazer com que a máquina administrativa funcione: "Ele é a linha de frente, o responsável pela imagem que a população tem do serviço público e para garantir o bom atendimento o treinamento do servidor é essencial. Sendo assim, as informações devem ser transmitidas com agilidade e segurança".


A experiência do Legislativo gaúcho

         Segundo o relato de Luiz Antonio Costa da Silva, diretor do Departamento de Recursos Humanos da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, quando assumiu a direção do departamento, em 2007, encontrou um grande desafio pela frente. "As pessoas não se falavam na seção, e a comunicação interna é a estratégia para o sucesso de qualquer organização. A comunicação cria integração entre as pessoas, proporciona motivação e satisfação dos funcionários e humanização das relações de trabalho", declarou. Luiz Antonio informou que a meta principal de seu departamento para 2007/2008 é fazer do RH o departamento padrão em eficácia operacional e qualidade no ambiente de trabalho. "Para isso, desenvolvemos ações, como estabelecimento de metas, reuniões de integração, pesquisas de opinião, criação de banco de talentos e também criamos o informativo impresso DRH em pauta. Também foi estabelecido que cada um chega e vai embora de acordo com suas atividades. Desenvolvemos reuniões de integração bimestrais, coordenadas por profissionais com experiência em psicologia organizacional, entre outras iniciativas".  

Fonte: Assessoria da Assembléia Legislativa / SP
16/10/2008


Voltar