Escola do TCE do Amazonas ganha nova sede em 2015.

alt    A Escola de Contas Públicas do Estado do Amazonas vai ganhar prédio próprio em 2015, ano em que o Tribunal de Contas completa 65 anos. Pelo edital da construção, a nova sede funcionará dentro das dependências do Tribunal e deve ser inaugurada até o final do ano. A obra, orçada em R$ 9,8 milhões, obedecerá os padrões técnicos estabelecidos pelo Ministério da Educação, terá

dois mil metros quadrados de área construída, quatro salas com capacidade para até 50 pessoas, laboratório de informática, sala de videoconferência, sala de consultoria, sala de reuniões, sala de professores, sala de coordenador-geral, diretoria, depósito, sala da reprografia e lanchonete, além de um espaço onde deverá ser instalado o Memorial da Corte de Contas.
"Antes que se questione sobre os gastos, informo que o TCE poupou recursos nos últimos 5 anos para dar a estrutura necessária à Escola de Contas. Há uma consciência unânime de que a corte deva melhorar, cada vez mais, a sua função didático-pedagógica. Precisamos ensinar para depois cobrar. Tenho repetido isso porque o Tribunal não é apenas uma casa de condenação”, ressaltou o conselheiro Josué Filho.
Na foto, o desenho da fachada da nova sede.