XXVI Encontro da ABEL em São Paulo reune dirigentes de Escolas e especialistas em torno de temas importantes

Mais uma vez com público expressivo, a ABEL reuniu novos e antigos associados de todo Brasil. O XXVI Encontro, realizado na cidade de São Paulo teve palestras, debates, troca de experiências e confraternização de dirigentes e especialistas da Educação Legislativa.

Na abertura, na Assembleia Legislativa, o presidente da Casa, Deputado Fernando Capez deu boas vindas a todos destacando o papel da Educação Legislativa: "A grande missão das Escolas é produzir conhecimento e informação transformando-os em produtos sociais que a comunidade vai usufruir", afirmou Capez.

Também presentes na mesa, o conselheiro João Antonio da Silva Filho, diretor-presidente da Escola do Tribunal de Contas do Município; Silvana de Rose, diretora da Escola do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo; Christy Ganzert Pato, da Escola do Parlamento da Câmara Municipal de São Paulo, e Florian Madruga, presidente da ABEL.

A presidência dos trabalhos coube à diretora do Instituto do Legislativo Paulista (ILP), Patrícia Rosset, que saudou os colegas dirigentes e deu início ao XXVI Encontro.

No seu discurso de abertura, Madruga destacou a cidadania como eixo condutor da Educação nos parlamentos e Tribunais de Contas: "Cidadania tem sido a palavra-chave das Escolas, quando verificamos que não basta funcionar para dentro da instituição mas, principalmente para fora, para o cidadão das cidades, dos estados. As Escolas assumem este papel tão deficitário na educação formal do País, de ir em busca do cidadão e trazê-lo para participar das atividades de nossas instituições. Estamos no caminho certo."