Livro desvenda a corrupção e aponta novos caminhos

O livro "O Ovo da Serpente", de autoria da conselheira do Tribunal de Contas de Tocantins, Doris de Miranda Coutinho, é uma "viagem" aos escaninhos da corrupção, suas causas e os efeitos nefastos para o Brasil no atual contexto jurídico-político do ponto de vista do controle público. Numa abordagem reflexiva acerca dos pontos mais sensíveis no âmbito da fiscalização dos gastos públicos, a autora se debruça sobre as razões que levaram a corrupção a se alastrar pelo país e aponta caminhos. O livro também defende a transparência e propõe uma coordenação de ações entre o Estado e a sociedade que permitam a criação de um novo paradigma de controle. Doris divide com os leitores o sonho de extirpar dos tribunais de contas os que compactuam e silenciam diante de episódios de malversação dos recursos públicos.

O "Ovo da Serpente", que está a venda nas grandes livrarias do país, foi apresentado no Encontro da ABEL em Aracajú, e já teve lançamento nos Estados Unidos (na Universidade de Harvard), Portugal (Lisboa), Brasília, Curitiba e São Paulo.